Motivos para ter Caixas de Inspeção em seu Esgoto

Motivos para ter Caixas de Inspeção em seu Esgoto

Os cuidados para evitar entupimentos no esgoto iniciam muito antes de seu uso no dia a dia, já em sua construção existem alguns cuidados simples que podem evitar grandes transtornos futuramente, entre entres cuidados vale ressaltar a instalação de sifão nas pias, ralos sifonados no chão, caixa de gordura e caixas de inspeção em alguns pontos de sua rede de esgoto.

As caixas de inspeção são extremamente úteis para quando ocorre um entupimento ao longo da tubulação do esgoto, pois com caixa de inspeção é muito simples desentupir mesmo as áreas de difícil acesso, utilizando até mesmo métodos caseiros como desentupir com mangueira.

Devo utilizar caixa de inspeção ou “T” de inspeção?

Esta é uma das dúvidas que podem surgir no momento de escolher o que será instalado em sua rede de esgotos, mas a escolha na verdade é simples, pois cada um destes dois materiais tem aplicações específicas, veja a seguir em que casos deve utilizar um ou outro.

As caixas de inspeção são indicadas para instalação em pontos do encanamento onde há a interligação de mais canos, assim aproveitando sua função como caixa de inspeção/interligação para tornar seu sistema de esgoto mais simples e eficiente.

O “T” de inspeção nem sempre é propriamente em formato exato de “T”, mas sempre é utilizado para dar continuidade a um cano e aproveitar  esta junção entre dois tubos para criar um ponto de inspeção, isto evita que fique uma área muito extensa sem um ponto de inspeção, é uma forma simples de ter acesso a qualquer parte das tubulações. O “T” de inspeção também pode ser usado em paredes, o que é uma boa alternativa para áreas próximas a pias que não terão sifão.

Vale lembrar que mesmo fazendo a instalação adequada de pontos de inspeção em seu sistema de esgotos, alguns cuidados no dia a dia devem ser tomados para evitar entupimentos, que se acontecerem poderão ser solucionados através da caixa ou “T” de inspeção, assim evitando ter que trocar parte do encanamento.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *